Junipampa News #6

Por Willians Barbosa

WhatsApp Image 2020-09-11 at 12.46.21

Aglomeração em praia do Rio de Janeiro (G1)

Aglomerações no feriadão: o feriadão de Dia da Independência do Brasil registrou aglomerações em praias, parques e bares em plena pandemia de Covid-19, país afora. Apesar das restrições, a situação foi verificada em locais como Rio de Janeiro e São Paulo. O decreto de Marcelo Crivella (RJ), por exemplo, autoriza apenas o banho de mar, e não a permanência na areia. Em todos os casos, o não uso da máscara é uma constante.

Pronunciamento de Dia da Independência de Bolsonaro: segunda-feira, dia 7, o presidente celebrou, em rede nacional de televisão e rádio, o Dia da Independência do Brasil. Em seu discurso de quatro minutos, ele citou miscigenação do povo brasileiro, Deus e comunismo. ‘’Reitero, como presidente da República, meu amor à Pátria e meu compromisso com a Constituição e com a preservação da soberania […]’’, disse.

19 anos do ataque às Torres Gêmeas: completa-se, nesta sexta-feira, 19 anos do maior atentado da história. Como acontece todos os anos, Nova York manteve a tradição de homenagear os mortos no atentado, este ano em particular com vídeos dos familiares, ao invés dos pronunciamentos ao vivo. Relembre: dia 11 de setembro de 2001, terroristas da Al-Qaeda lançaram dois aviões contra os edifícios do World Trade Center, deixando 3 mil mortos e 6 mil feridos.

Conselho Nacional do Ministério Público censura Deltan Dallagnol: nesta terça-feira, o CNMP puniu com censura o procurador da República, Deltan Dallagnol, por tweets contra a eleição de Renan Calheiros (MDB) para a presidência do Senado, em 2019. Calheiros, autor da ação, alegou interferência de Dallagnol na disputa pela presidência. A defesa do procurador já avisou que irá recorrer a Supremo Tribunal Federal (STF).

Disparada do preço do arroz: nas últimas semanas, o consumidor brasileiro percebeu alta significativa no preço do arroz. O produto que, normalmente, é vendido por uns R$ 15, está saindo por R$ 40 em certas gôndolas. A associação Paulista de Supermercados explicou à UOL que os aumentos são ‘’provenientes de variáveis mercadológicas como maior exportação, câmbio e quebra de produção’’.

Luiz Fux assume a presidência do Supremo Tribunal Federal: o ministro Fux assume, nesta quinta-feira, a presidência do STF, para um mandato de dois anos. Rosa Weber passa a ser a vice-presidente. Ele sucederá Dias Toffoli na cadeira. Com cerimônia restrita, o presidente da República, Jair Bolsonaro, da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, participaram do evento. Em seu discurso, Fux falou sobre o combate à corrupção e ao crime organizado.

Incêndio em Beirute: ainda se recuperando da mega explosão ocorrida mês passado, o porto de Beirute, no Líbano, registrou, nesta quinta-feira, um incêndio. Segundo agência de notícias estatal, o fogo vem de um armazém de óleos e pneus. O exército local enviou helicópteros para controlar as chamas. Já o ministério público ordenou uma investigação sobre o incêndio. Por enquanto, o incidente não deixou pessoas feridas.

Marcelo Crivella alvo de buscas e apreensão: o Ministério Público e a Polícia Civil fizeram buscas, nesta quinta-feira, na casa do prefeito Crivella. A ação faz parte da operação Hades, que investiga um suposto ‘’QG da Propina’’ na Prefeitura. Segundo investigações, em troca de facilitar a assinatura de contratos, empresas entregavam cheques ao irmão do então presidente da Riotur, Marcelo Alves – assim como Crivella, também alvo.

Rachel Sheherazade fora do SBT: após 9 anos de casa, o SBT não renovará contrato, que expira de 31 de outubro deste ano, com Rachel. Tradicionalmente se posicionando à direita, nos últimos meses tem batido no bolsonarismo. Isso lhe rendeu, inclusive, ameaças de morte. Como a emissora é escancaradamente alinhada ao presidente, Silvio Santos não teve muita dificuldade em dispensá-la. A jornalista Márcia Dantas assumirá seu lugar.

Auxílio Emergencial Cultural: o Auxílio Emergencial Cultural é destinado a artistas e agentes de cultura. Seu objetivo é fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento da Covid-19. Entre os requisitos para se ter acesso ao benefício, estão o de ser agente de cultura há dois anos, ter mais de 18 anos, não ser beneficiário de outro auxílio e renda per capita de até meio salário mínimo. Para se cadastrar, acesse https://www.sic.cultura.pr.gov.br/auxilio/renda.php

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Junipampa