Limite

image1                                                                                                       Por Isabelly Nunes

Limite

 

Enquanto houver motivo para estar

Enquanto houver razão para continuar 

Enquanto houver sonho para buscar 

Enquanto houver carinho para dar

Enquanto houver flor para cheirar

Enquanto houver sorriso para abrir 

Enquanto houver mão para ajudar

Enquanto houver luta para vencer

 

Até a última gota de lágrima 

Até a última gota de suor

Até o último suspiro

Até que você cruze a linha de chegada 

Até que você saiba que chegou ao seu limite 

 

Nunca deixe de estar, mesmo sem motivo 

Nunca deixe de continuar, mesmo sem razão 

Nunca deixe de buscar, mesmo que se perca o sonho

Nunca deixe de dar carinho a quem está contigo 

Nunca deixe de cheirar, mesmo que inverno for

Nunca deixe de abrir o teu mais lindo sorriso, mesmo que imensa a dor

 

Porque o limite da vida é uma incógnita, viva como a mais bela rosa de um jardim!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Junipampa