De amores e de distâncias

Por Lisiane Inchauspe de Oliveira

WhatsApp Image 2021-06-26 at 23.43.07

Por estradas do Rio Grande

Vagueiam sonhos e amores

O vento carrega beijos

Pra amenizar nossas dores

Se vivemos separados

E a saudade não descansa

Menos mal que existe estrelas

Pra nos trazer esperança 

Que bom que o amargo aquece

Quando a saudade judia

Traz o gosto do teu beijo

Pra estas noites tão frias

A música é companheira

Se a saudade faz chorar

Uma milonga fronteira

Traz a luz do teu olhar

Um dia quem sabe amor

Esta malvada se cansa

Usted vai viver comigo

Aí a saudade amansa

Por estradas do Rio Grande

Vagueiam sonhos e amores

O vento carrega beijos

Pra amenizar nossas dores

Meu nome é Lisiane Inchauspe de Oliveira, tenho 41 anos, professora de formação e de coração, atualmente trabalhando na Unipampa.
Sou amante das palavras e da poesia, cujos primeiros contatos se deram por meio do meu pai, que era poeta e declamador, assim como meu avô paterno. Durante a pandemia, comecei a exercitar a escrita, inspirada pelos sentimentos de saudade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Junipampa