Por Susane Andrade Rodrigues A língua que usamos não é território demarcado, nem