Planetário da Unipampa e o Eclipse total da Superlua: O dia em que a pequena Bagé se rendeu à astronomia.

Lua dos mistérios ocultos que, em seus ciclos de grandiosidade, abrilhanta as noites com seu reinado de encantos,  apresentando um céu de fascínio aos admiradores. Estes admiradores, por sua vez, acabam por se render à magia de sua aparição.

Assim foi a noite do dia 27 de setembro, dia em que a Lua, a dama da noite, proporcionou a todos um momento de reflexão e aprendizado a partir do eclipse lunar total da superlua… e que Lua!

Momento em que acontecia o alinhamento entre Sol, Terra e Superlua. Foto: Larissa Assis

Momento em que acontecia o alinhamento entre Sol, Terra e Superlua. Foto: Larissa Assis

Para prestigiar este acontecimento em dose dupla, a equipe do projeto de extensão “Astronomia para Todos”, coordenada pelo Profº Drº Guilherme Frederico Marranghello, preparou um dia de celebração à astronomia no largo do Centro Administrativo (em frente à praça da estação), durante 12 horas ininterruptas. O evento contou com sessões no planetário móvel e apresentação de outras atividades que também são desenvolvidas pelo projeto. Além de, claro, observações no telescópio, para que se pudesse atentar a cada detalhe do evento astronômico que, aos poucos, ia se fazendo presente no céu daquela noite.
Durante todo o dia, o Planetário móvel realizou 27 sessões que somaram um público de cerca de 600 pessoas. Em uma sessão desenvolvida especialmente para a data, foi possível aprender não só como iria ocorrer a transição Lunar, mas também, sobre o que estaria visível no céu da campanha.

Público aguardando o início da sessão dentro do Planetário. Foto: Guilherme Ramos

Público aguardando o início da sessão dentro do Planetário. Foto: Guilherme Ramos

Já no estender da noite, o telescópio foi motivo de longas filas, porém de  sorrisos estampados a cada olhar que se estendia sobre sua lente. Passaram por ele em torno de 400 pessoas, que puderam contemplar o céu de um modo especial e garantiram o sucesso desse evento que certamente não será facilmente esquecido. Logo, pode-se perceber isto na declaração de alguns dos participantes do evento:
“Muito interessante a iniciativa! A produção foi muito bem feita e as crianças adoraram”- Eduardo Aristimunha de Lima

 

“É algo que me fascina muito, e o mais interessante é que a praça da estação é um lugar onde famílias costumam vir e, ter um evento de cultura da astronomia aberto à comunidade faz muito bem pras pessoas que, normalmente, não tem acesso a esse tipo de coisa”Gabriel de Barros Medeiros

 

“Muito criativa a ideia de trazer o Planetário para a praça, pois pessoas que não têm muito acesso a Universidade podem conhecê-lo no centro. Deveria ter mais vezes”Desiree Leal Goulart

 

 

Fila que se formou durante as observações no telescópio do Projeto. Foto: Larissa Assis

Fila que se formou durante as observações no telescópio do Projeto. Foto: Larissa Assis

 

Para saber mais sobre as atividades e eventos promovidos pelo Planetário da Unipampa, Acesse:
http://porteiras.s.unipampa.edu.br/planetario

Curta a página no facebook:
https://www.facebook.com/planetariodaunipampa

Ou envie um e-mail para:
planetario@unipampa.edu.br

 

Escrito por bolsistas do Laboratório de Leitura e Produção Textual- LAB (PROEXT-MEC), e Suélen Mena, também, bolsista do Projeto Astronomia para Todos.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Junipampa